CEO Clínica, Centro de Excelência em Oftalmologia

CENTRAL DE ATENDIMENTO
37 3237-460037 99936-6829

Tratamentos

Adaptação de lentes de contato

As lentes de contato representam uma excelente opção para as pessoas que não gostam de óculos e não desejam ou não podem ser submetidas à cirurgia refrativa, mas nem todos podem usá-las. Elas também são indicadas no tratamento de outras condições como a presbiopia (vista cansada) e o ceratocone.

O teste de adaptação de lentes de contato envolve exame oftalmológico completo com indicação, prescrição, adaptação e controle da lente no olho do paciente. Nem todas as pessoas podem usar lentes de contato, sendo necessário que o médico oftalmologista identifique o grau e curvatura da lente a ser adaptada, bem como o melhor tipo de lente a ser usada por cada paciente.

Antes do teste das lentes, são necessários alguns procedimentos, como a medição da curvatura da córnea, mapeamento da superfície (topografia corneana) e refração para determinação do grau das lentes. Após estes exames, as lentes de contato de teste são colocadas por um período de 10 a 20 minutos. Em seguida, uma nova refração com as lentes de contato de teste é realizada e uma avaliação da adaptação com o aparelho chamado lâmpada de fenda para identificar a necessidade de modificações. Outros procedimentos importantes são as orientações para a colocação, manuseio, remoção, cuidados, período de uso e consultas de revisão. Assim, além de garantir a melhor qualidade visual, o paciente evita riscos de contaminação através de bactérias, fungos e outros tipos de problemas em virtude de uma adaptação inadequada. As lentes de contato são um corpo estranho em contato com o olho; em caso de má orientação, podem causar danos severos e permanentes para a visão como por exemplo úlcera de córnea e cegueira. A segurança de seu uso depende da supervisão adequada do oftalmologista.

CUIDADO E MANUTENÇÃO DAS LENTES DE CONTATO

As lentes de contato são elementos frágeis, que dependem de correto e cuidadoso manuseio, seja na sua colocação e retirada dos olhos, assim como nos cuidados de conservação. Portanto, é extremamente importante o cuidado com as mesmas, seguindo orientações apenas de oftalmologistas em relação aos produtos de manutenção, limpeza e conservação.

Cuidados e dicas com suas lentes de contato

  • Sempre lave as mãos antes de manusear suas lentes de contato;
  • Procure manusear a lente do olho direito e depois a do olho esquerdo para evitar trocá-las;
  • Enxágue cada lado das lentes;
  • Preencha o estojo com o produto próprio para o seu tipo de lentes de contato com quantidade suficiente para cobri-las;
  • Deixe as lentes no estojo fechado durante toda a noite ou pelo menos 6 horas;
  • Sempre descarte a solução do estojo, não reaproveite o produto;
  • Não use soro fisiológico para manutenção de suas lentes de contato;
  • Não durma com lentes de contato mesmo que elas possam ser indicadas para isto;
  • Evite usar lentes na piscina e em banhos de mar;
  • Banhos de chuveiro são permitidos;
  • Não coloque as lentes na boca para umidificá-las para depois colocá-las nos olhos;
  • Lavar o estojo das lentes de contato uma vez por semana;
  • Use sempre colírios de lágrima artificial para lubrificar os olhos;
  • Em caso de dúvida ou problemas com as lentes de contato, retire-as dos olhos e compareça ao consultório para avaliação.

MAIS INFORMAÇÕES?